Manuel Cândido Pimentel

Professor Associado
Professor Associado da Faculdade de Ciências Humanas (FCH) da Universidade Católica Portuguesa (UCP), membro da Sociedade Científica da Universidade Católica Portuguesa, sócio-fundador e membro da Direção do Instituto de Filosofia Luso-Brasileira, académico da Academia Brasileira de Filosofia e do Instituto Brasileiro de Filosofia. Foi Professor da Universidade dos Açores, onde iniciou a sua vida académica, Professor Secretário da FCH (UCP), Coordenador Científico da Área Científica de Filosofia da mesma Faculdade e Diretor das seguintes unidades de I&D da Universidade Católica Portuguesa: CLCPB - Centro de Literatura e Cultura Portuguesa e Brasileira; GEPOLIS - Centro de Estudos de Filosofia e Cidadania; CEFi - Centro de Estudos de Filosofia (de qual foi o fundador). Fundou e dirigiu, até julho de 2013, a coleção "Estudos de Filosofia" (Universidade Católica Editora). Tem orientado os seus interesses para a cultura filosófica portuguesa, luso-brasileira e hispano-americana, bem como para a ética e a filosofia do conhecimento, coordenando e participando, nestas áreas, em múltiplos projectos de unidades de I&D, organizando congressos, colóquios e seminários nacionais e internacionais. Em 2008, foi Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do IV Centenário do Nascimento do Padre António Vieira. Investigador integrado do CEFi, tem colaborado regularmente com o Centro de Estudos de Ciências da Comunicação e Cultura (Universidade Católica Portuguesa), Centro de Estudos do Pensamento Português (Universidade Católica Portuguesa), Centro de Filosofia (Universidade de Lisboa) e Instituto de Filosofia (Universidade do Porto). Das suas obras salientam-se as seguintes: Antero de Quental: Uma Filosofia do Paradoxo (PDL, 1993), Filosofia Criacionista da Morte (PDL, 1994), Odisseias do Espírito (Lx, 1996), A Ontologia Integral de Leonardo Coimbra: Ensaio sobre a Intuição do Ser e a Visão Enigmática (Lx, 2003), De Chronos a Kairós: Caminhos filosóficos do Padre Antônio Vieira (Brasil, 2008) e Razão Comovida (Lx, 2011). Organizou e orientou cientificamente o vol. IV da História do Pensamento Filosófico Português (Lx, 2004). Organizou e assinou, pessoalmente ou em co-autoria, os seguintes títulos, entre outros: Os Longos Caminhos do Ser: Homenagem a Manuel Barbosa da Costa Freitas (Lx, 2003); Immanuel Kant nos 200 anos da sua morte (Lx, 2006); Vergílio Ferreira no cinquentenário de Manhã Submersa: Filosofia e Literatura (Lx, 2007); D. Frei Amador Arraiz no IV centenário da edição definitiva dos Diálogos (Lx, 2010); Simone de Beauvoir: Olhares sobre a mulher e o feminino (Lx, 2010); Uma jornada vieirina em Évora (Lx, 2011); Mário Saa: Poeta e Pensador da Razão Matemática (Lx, 2013).